Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018

Mais lidas da semana

10/11/2014 - Mairinque - SP

Mairinque sedia oficina para editar Atlas com dados da Região Metropolitana de Sorocaba (R




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Mairinque

Construir elementos de referência regional quanto ao desenvolvimento econômico, social e cultural, de maneira a favorecer escolhas quanto a uma visão de futuro compartilhada pelos diversos atores e sujeitos sociais. Esse foi o objetivo da oficina técnica do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) realizada na manhã desta quinta-feira, 6 de novembro, nas dependências do Clube Atlético Sorocabana de Mairinque (CASM).

Reunidos em mesa redonda, os representantes municipais forneceram dados para o Projeto Unidades de Informações Territorializadas (UITs) da Região Metropolitana de Sorocaba, cujo produto final será a edição de um Atlas Digital que vai propiciar aos planejadores, bem como aos gestores públicos e privados, um perfil abrangente da região.

DNA territorial

“Esse Atlas Digital poderá ser definido como o verdadeiro DNA do território, sobre o qual mudanças fundamentais começam a ser traçadas”, explica Luiz José Andretti, vice-presidente da Emplasa. No seu entender, esse Atlas será editado para se constituir em leitura obrigatória para todos os que trabalham em gestão pública e privada

O encontro contou com a presença do prefeito Binho Merguizo e de representantes das áreas de Meio Ambiente, Jurídico, Finanças, Desenvolvimento Econômico, Turismo, Governo e Relações Institucionais da Prefeitura de Mairinque. Além de Binho Merguizo, marcaram presença nesse seminário representantes dos municípios de São Roque, Alumínio, Araçariguama, Ibiúna, Porto Feliz, Salto e Sorocaba.

A abertura da oficina em Mairinque ficou a cargo do prefeito Binho que, em sua fala, destacou a importância da elaboração do Atlas. “Teremos em mãos uma ferramenta valiosa que nos ajudará no planejamento e nas ações integradas com as demais cidades da Região Metropolitana”, falou.

Disse, ainda, que a criação da Região Metropolitana já começa a produzir frutos no suporte que as cidades passam a ter no desenvolvimento de suas vocações para a geração de emprego, receita e tecnologia. “É importante saber que temos o apoio de entidades de renome como a Emplasa e a Fundação Escola de Sociologia de São Paulo”, exemplificou o prefeito de Mairinque.

Outros encontros de municípios que integram a RMS acontecem simultaneamente, em novembro, nos municípios de Sorocaba (Araçoiaba da Serra, Iperó, Salto de Pirapora e Votorantim); Tietê (Alambari, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Jumirim, Sarapuí e Tatuí), além de Piedade (Pilar do Sul, São Miguel Arcanjo e Tapiraí).

Participaram também dessa oficina em Mairinque professores da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A (Emplasa). Diva Prado Horta de Barros Fonseca, gerente de Gestão da Emplasa, representou nessa oficina o diretor e vice-presidente do órgão, Luiz José Pedretti.

Pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo estiveram presentes em Mairinque, Cecília de Almeida Gomes, coordenadora de Pós-Graduação da FESPSP e Paulo Luiz Niadaira, consultor e professor da Fundação.

“Trabalhamos em parceria com a Emplasa no levantamento de indicadores sócio-econômicos da região para, num segundo momento, apresentar os segmentos com potencial de desenvolvimento, mapear os segmentos que alavancam e ações que bloqueiam o desenvolvimento”, explicou Paulo Luiz Niadaira.

No próximo dia 26 de novembro, na cidade de Sorocaba, em local ainda a ser definido, representantes dos 26 municípios da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) reúnem-se com o secretário estadual de segurança, Fernando Grella Vieira. Na ocasião, será colocado em pauta a criação do Gabinete Metropolitano de Segurança, órgão que pretende estabelecer políticas integradas de segurança par os municípios desta região.

 

REGIÃO METROPOLIOTANA DE SOROCABA

Área Territorial

Composta por 26 municípios e com uma área de 9.821,32 km2 a Região Metropolitana de Sorocaba corresponde a 19,18% do território da Macrometrópole Paulista, 3,96% do estado e a 0,12% da superfície nacional.

Demografia

Seus habitantes representam 4,18% da população estadual e 0,91% da nacional. Em 2010, eram 1.726.785 moradores em seus 26 municípios com uma densidade média de 175,82 habitantes por quilômetro quadrado. No período 2000/2010 cresceu, anualmente, a uma taxa de 1,68%, terceiro maior valor registrado dentre as unidades da Macrometrópole e acima da média estadual (1,10%).

Produto Interno Bruto

A região apresenta um Produto Interno Bruto (PIB), em 2011, de 46.700 milhões de reais. Esse montante representa 3,46% do PIB estadual e 1,13% do nacional. O PIB per capita de R$ 26.748,14 é o sétimo da Macrometrópole.

Municípios

Compõe a Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) os municípios de Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mairinque Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.