Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020

Pedro Fagundes de Borba

Estudo ciências sociais na Universidade do Vale do Rio dos Sinos; escrevo para portais; me chamo Pedro Fagundes Borba.

Ver todas as colunas

Levitando



    Criar uma imagem remete a vários pontos associáveis a aquilo ou simplesmente remete ao todo daquela imagem, isto é, permite que todas suas características sejam sentidas, em tudo por ela abarcada, fazendo um momento completo, um instante total de entendimento e associação com aquilo, sendo sentido tudo que ali compõe; tudo que se vive ali.

   Neste sentido, muitos grandes poetas criaram assim seus poemas, colocando na criação e retratação destes momentos estas imagens, fazendo de suas criações mostras do que falavam, trazendo a completude artística que tão bem reflete o que fala, mostra a compreensão profunda que apenas artistas têm da vida, os poetas ainda fortes no que toca o sentir e a sensação do vivo dentro disto.

    A poetisa, compositora e cantora estadunidense Patti Smith têm forte este senso poético, conseguindo imprimir isto em suas canções, criando estes momentos e fazendo poesia neste sentido, criando estas imagens de momentos, fazendo deles criações, demonstrações de suas profundidades. A imagem criada em “Dancing Barefoot”, em português dançando descalço, é uma das mais belas, fazendo da música representante deste, transmitindo a ideia de sua poesia, mostrando sua composição e o momento.

    Associada com os prazeres desta dança,vai ao longo da letra fazendo uma série de descrições e comparações, mostrando assim os vários momentos daquilo, os grandes prazeres e a profundidade deles, como vão remetendo a atos como levitar, ter conexão com quem se dança, o que isto traz e o conjunto de tudo, formando um momento poético, vivo, que é remetido na música, fazendo que esta ganhe seu ar de música, provocando forte sensação musical, o tipo de sensações, momentos e ideias que esta provoca em quem a escuta, variando também de acordo com o estilo e as intenções do compositor, e também sirva como poema enriquecido pela música, fazendo com que as palavras se misturem com os sons da composição, aumentando sua força e criando novas formas de se manifestarem, fazendo com que a dança cantada fique mais densa, mais alcançável, a letra a descreve, levando para vários lados enquanto a melodia vai dando ao momento maior condução e profundidade, assimilidade.

    A levitação, também colocada em sua letra, serve bem como síntese do que é cantado, pois a interação entre os dançantes vai adquirindo o tom daquilo que perde o chão, que sai a flutuar, fazendo prazeres se tornarem a simples resposta do momento, uma grande sensação que, enquanto dura, sintetiza-se, torna-se o completo, esta dança descalça é assim descrita. Dentro das características da música, torna-se excelente para as formas desta, fazendo com que a música crie esta questão, este momento, se associando com tal, para que crie a arte, parte da vida. Patti Smith consegue fazer esta combinação em seu talento de letrista junto com a melodia, trazendo a tona a arte, e o valor desta, poetisando e criando momentos desta arte, mostrando como esta acontece em contexto.












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.